O setor bancário é hoje um dos setores que possuem processos muitas vezes mais complexos e estão em um crescimento exponencial, inclusive quando incluímos neste crescimento as novas fintechs. Os bancos estão diversificando suas atividades e estão chegando com mais e mais novos produtos, serviços e esquemas a cada dia para satisfazer seus clientes. E, porque está vinculado ao financiamento de seus clientes e às redes interligadas, mesmo as menores mudanças nas eficiências operacionais afetarão muito os lucros.

No nível de competitividade que vemos hoje, a eficiência é a chave para o setor bancário. Os bancos que não conseguem melhorar a sua eficiências certamente enfrentarão crises financeiras, o que os de manter o crescimento. Os bancos, portanto, precisam manter seus custos operacionais no mínimo e eficiências operacionais ao máximo. E, aqui é onde Lean Six Sigma pode ajudar.

Lean Six Sigma Green Belt Online Excelência Integrada Consultoria

O Lean ajuda a se livrar do desperdício derivado de processos desnecessários, enquanto o Six Sigma ajuda a se livrar das variações nos procedimentos estabelecidos. Assim, uma combinação de Lean e Six Sigma pode ajudar na redução de ineficiências, redução erros, desperdícios e recursos não utilizados.

Neste post específico, falarei sobre um dos procedimentos mais importantes observados no setor bancário que envolve custos operacionais muito altos - processamento de empréstimos. Os bancos precisam colocar todos os esforços para obter a produtividade ideal, o que pode ser simplificado com o Lean Six Sigma.

Como o Lean Six Sigma Melhora os Processos?

O primeiro passo para eliminar ineficiências é identificá-los. Para isso, o tempo de processamento de cada empréstimo deve ser registrado, o que pode ajudar a compará-lo com cada empréstimo líquido processado. Se a dispersão no tempo necessário para cada empréstimo processado é alta, é certo que existem ineficiências;

E o motivo mais importante para isso não é seguir um processo definido. É aqui que o Lean Six Sigma pode ajudar a identificar e estabelecer um procedimento de processamento de empréstimo que garanta uma dispersão mínima e máxima eficiência. Outros motivos que podem indicar ineficiências incluem atrasos na documentação do cliente, folhas de funcionários e períodos de pico durante alguma época do ano.

Todos esses fatores podem ser considerados pelo Lean Six Sigma, reduzindo a documentação desnecessária, coletando apenas informações relevantes e trazendo recursos adicionais. Estes são apenas alguns benefícios que podem ser vistos com a abordagem Lean Six Sigma. Para entender esta metodologia melhor e se beneficiar da sua totalidade, você deve ter todo o seu grupo bancário submetido a treinamento adequado para o mesmo.

No entanto, você deve se lembrar de obter treinamento de um profissional de renome e renomado como a Excelência Integrada que vem fornecendo com sucesso treinamento especializado e certificação Lean Six Sigma no Brasil como Acredited Trainning Provider pelo Council for Six Sigma Certification-USA.

O tempo necessário para cada processo de empréstimo deve estar em associação direta com as complexidades e os riscos envolvidos; E não com o tamanho do empréstimo. Se o tempo escolhido estiver relacionado ao tamanho do empréstimo, indica claramente ineficiências nos procedimentos. Então, faça uma verificação sobre quais são suas ineficiências e comece a implementar os procedimentos do Lean Six Sigma para reduzir custos e tempo e maximizar a eficiência.

Quer saber mais sobre como o Lean Seis Sigma pode ajudar a sua empresa?
Entre em contato com o nosso setor de Encantamento de Clientes!
Everton de Paula
CEO Excelência Integrada