Estratégias de e-commerce

O marketing e a estratégias de e-commerce de seu novo negócio de comércio eletrônico exige
determinação. O marketing de e-commerce inclui testes e ajustes de
campanhas de anúncios, otimizando suas páginas para conversões,
aperfeiçoando seu conteúdo e estratégia de SEO, colocando o orçamento
certo nas táticas certas e mantendo um forte retorno sobre o
investimento.

 

Se você administra uma loja online, a boa notícia é que as estatísticas
recentes de e-commerce estão a seu favor:

 

  • As vendas de e-commerce devem atingir US $ 4,5 trilhões até 2021 e
    estão crescendo 23% ano a ano.
  • E 4 em cada 10 compras são feitas apenas usando um canal online para
    pesquisar e comprar.

 

Esses são alguns números fortes.

 

No entanto, com o aumento das expectativas dos consumidores lideradas
pela Amazon, há novos desafios, incluindo uma expectativa de envio de
dois dias, carrinhos abandonados e custos crescentes de marketing digital.

 

Os compradores online estão cada vez mais exigentes; portanto, não
apenas suas táticas de marketing precisam ser de alto nível, mas seu funil
de conversão e processo de checkout também precisam ser uma máquina
bem lubrificada.

 

Quando se trata de marketing e estratégias de e-commerce, você não pode executar
todas as táticas perfeitamente, mas ao entender o lugar da tática

individual no funil, criando uma base de desempenho forte e mantendo a
consistência entre as plataformas, você se preparará para os maiores
ganhos de receita .

 

Por exemplo, se você está planejando suas estratégias de promoção de
e-commerce de fim de ano, pergunte-se:

 

Meus anúncios do Facebook correspondem às minhas campanhas de e-
mail e banners de afiliados?

 

Meus anúncios do Google Shopping incluem as promoções corretas que
correspondem aos meus anúncios PPC e controles deslizantes da página
inicial?

 

Se sua resposta for não (ou não tiver certeza), você pode querer ler
algumas das dicas abaixo.

 

Com este guia de marketing de comércio eletrônico, destacarei as
estratégias de marketing mais eficazes para sua loja online, como cada
tática desempenha um papel em seu funil de marketing e dicas para ter
sucesso este ano.

 

O que é Marketing e Estratégias de E-commerce?

 

O marketing de e-commerce é o processo de promoção de sua loja online
por meio de publicidade interna, SEO orgânicoSEO para Blogs: 6 Maneiras de Otimizar seu Conteúdo no Google e outras táticas de
marketing para aumentar o tráfego do site, a visibilidade da marca e as
vendas. Isso inclui aumentar a conscientização com mídia social,
mecanismos de pesquisa, conteúdo digital e e-mail, bem como
impulsionar ações do site com otimização da taxa de conversão.

 

O marketing de e-commerce usa muitas das mesmas táticas, como o
marketing digital, para converter visitantes em clientes.

 

Para lhe dar uma compreensão do que implica uma estratégia de
marketing de e-commerce eficaz, aqui estão alguns canais de marketing
comuns para gerar mais vendas para sua loja online.

Everton de Paula Lean Six Sigma

Everton de Paula

Líder do Blog e especialista em Marketing de Afiliados. Junte-se a mim e mais de 50 mil leitores aqui an EIntegrada.com para aprender como iniciar um blog de negócios, Antes de iniciar este blog, eu liderei uma equipe de alto desempenho em uma Startup Unicornio e agora aplico os mesmos princípios de sucesso aqui. 

exemplo e-commerce

Quais são as principais estratégias de e-commerce?

 

O marketing de e-commerce requer uma abordagem omnicanal, com
alguns canais tendo um desempenho melhor do que outros. Por exemplo,
as taxas de conversão variam amplamente tanto pela origem do tráfego
quanto pelo tipo de dispositivo:

 

  • Taxa média de conversão de e-commerce por dispositivo: desktop:
    3,8%; comprimido: 3,3%; smartphone: 1,3%
  • Taxa de conversão mediana por fonte de tráfego: Direta: 2,2%; Email:
    5,3%; Orgânico: 2,1%; Facebook: 0,9%; Pesquisa paga (AdWords): 1,4%;
    Referência: 5,4%; Social: 0,7%

 

1. Otimização de Mecanismos de Pesquisa (SEO).

 

A otimização do mecanismo de pesquisa (SEO) é uma estratégia de longo
prazo para obter mais tráfego para o seu site de e-commerce,
aumentando suas classificações orgânicas ou não pagas nos mecanismos
de pesquisa.

 

Para sites de e-commerce, isso inclui otimizar seu SEO técnico e estratégia
de conteúdo para ter sucesso. O SEO técnico inclui táticas no site, como
otimização para celular, estrutura de URL, tags de palavras-chave, links
internos, velocidade do site e muito mais.

 

Além do SEO técnico, o conteúdo de qualidade é um fator determinante
para a geração de tráfego orgânico de e-commerce. Você deve ter
conteúdo de alta qualidade nas páginas de produtos e categorias, e um
blog atualizado regularmente e otimizado para SEO.

 

2. Publicidade Pay Per Click (PPC).

 

Além das estratégias de tráfego orgânico acima, a publicidade paga por
clique (PPC) inclui o uso de ferramentas como Google AdWords e Bing Ads
para pagar pela colocação em mecanismos de pesquisa.

 

Executar uma campanha PPC eficaz inclui lances em termos de pesquisa
relacionados ao seu negócio para obter mais tráfego e vendas. Esses
anúncios aparecem acima e abaixo dos resultados orgânicos nos
mecanismos de pesquisa e são uma ótima maneira de aumentar
rapidamente o tráfego do site.

 

3. Email Marketing.

 

Usar software de marketing por e-mail é uma das melhores maneiras de
se envolver com clientes em potencial e aumentar a venda para clientes
atuais.

 

Quando se trata de marketing por e-mail de e-commerce, há muitas
estratégias. Você pode usar e-mails automatizados como uma série de e-
mails de boas-vindas quando um usuário ativa seu site, bem como e-mails
abandonados no carrinho, para lembrar aos usuários que eles têm um
item no carrinho.

 

Além de e-mails automatizados, e-mails de marketing e boletins
informativos podem informar aos assinantes sobre as próximas
promoções, novidades de produtos e fornecer incentivos de compra.

 

4. Marketing de Afiliados.

 

O marketing de afiliados é o ato de usar uma rede de afiliados para se
conectar a outros sites e promover seus produtos.

 

Esses outros sites, ou afiliados, promovem seu produto com links de texto
e banners, e um varejista de e-commerce paga a eles uma comissão do
preço de venda assim que a compra é concluída.

 

A beleza do marketing de afiliados é que ele é uma forma de marketing
altamente escalonável e com ROI positivo, pois os anunciantes de
comércio eletrônico definem suas próprias taxas de comissão e têm a
garantia de um certo retorno sobre o investimento.

 

Você pode verificar meu guia para os principais 105 programas de
afiliados para obter mais informações.

 

5. Marketing de Mídia Social.

 

Todo mundo está no Facebook, Instagram e Twitter todos os dias, e sua
marca de e-commerce também deve estar.

 

Ao alavancar o marketing de mídia social, você pode aumentar o número
de seguidores, interagir com os clientes atuais, gerenciar sua reputação e
personalizar anúncios para usuários com base em seus interesses.

 

A mídia social orgânica inclui a criação de postagens e atualizações na
página de mídia social de sua marca para que os usuários possam se
conectar com sua marca em seus feeds de notícias.

 

A mídia social paga inclui a criação de uma imagem personalizada ou
anúncios em vídeo e o pagamento para promovê-los a um público
específico com base em seus interesses, dados demográficos e
comportamento de compra.

 

As mídias sociais orgânicas e pagas devem ser usadas em conjunto para
ver o maior impacto para o seu negócio online. É uma ótima maneira de
aumentar o conhecimento da marca e mostrar a personalidade de sua
marca.

 

6. Publicidade Gráfica.

 

Usando a Rede de Display do Google (GDN), os proprietários de negócios
de e-commerce podem criar facilmente anúncios em banner e veiculá-los
para pessoas que navegam na web.

 

Esta poderosa rede atinge mais de 2 milhões de sites e 90% dos usuários
da Internet. Com todos os tipos de tamanhos e formatos de anúncios
diferentes, a GDN é uma ótima maneira de alcançar pessoas com anúncios
de banner direcionados com base em seus interesses e comportamentos
online.

 

7. Retargeting.

 

Retargeting é o processo de mostrar texto, banner e anúncios sociais para
usuários da web que visitaram seu site ou interagiram com seus produtos.

 

Quando os usuários visitam seu site de e-commerce, o Google ou o
Facebook podem colocar um pixel em seus navegadores e mostrar-lhes
anúncios enquanto navegam na web, lembrando-os de seu negócio.

 

Esses anúncios geralmente são pagos com base no custo por impressão e
são uma ótima tática para marketing digital direcionado, pois você sabe
que os usuários já interagiram com seu site.

 

8. Marketing de Influencers.

 

Ao fazer compras online, os usuários confiam muito nas opiniões de
outras pessoas para informar suas decisões de compra.

 

Eles procuram análises online e recomendações de colegas e
influenciadores para dizer-lhes o que comprar e com quais marcas
interagir.

 

Ao ingressar em uma rede de marketing de influenciadores, você pode se
conectar com micro influenciadores em seu nicho para promovê-lo.

 

Uma loja de e-commerce normalmente paga a um influenciador uma taxa
inicial (mais seguidores = taxa mais alta) e eles promovem seus produtos
em seus blogs, contas do Instagram, Facebook ou canais do YouTube.

Como Posso Dominar o Funil de Conversão de E-commerce?

 

Antes de otimizar cada tática de marketing acima, você precisa entender seus objetivos de negócios, orçamento de marketing e como esses canais funcionam juntos.

 

Fazer com que um usuário compre um produto é uma tarefa de longo prazo - pode levar de 7 a 13 toques para entregar uma venda qualificada. Um usuário terá que ver sua marca e seus produtos várias vezes antes da primeira compra. Por causa disso, sua abordagem precisa incluir várias táticas em uníssono para atingir os compradores em diferentes estágios de sua jornada.

 

 

1.  Marketing de topo do funil

 

 

Seus esforços de marketing no topo do funil (ou reconhecimento da marca) alcançam usuários que nunca viram seus produtos antes.

 

Eles provavelmente não comprarão imediatamente. As táticas de prospecção de vendas incluem postagens pagas e orgânicas de mídia social e publicidade gráfica, com objetivos finais como impressões, inscrições de e-mail, tráfego da web e seguidores sociais.

 

Por exemplo, você precisa dominar sua estratégia de SEO de e-commercee obter tráfego para termos relacionados a suas ofertas de produtos. Se você vende suprimentos para camping, pode escrever uma postagem longa no blog sobre os Dez principais destinos para acampamentos nos Brasil, trazendo leitores para desenvolver o conhecimento da marca e, em seguida, redirecioná-los com anúncios. Existem inúmeras agências de SEO de comércio eletrônico que podem ajudá-lo com suas estratégias de mecanismo de pesquisa.

 

Um usuário pode visualizar um de seus anúncios gráficos do Facebook, visitar seu site, mas ainda não estar pronto para comprar. Esses visitantes da web ajudam a construir sua lista de e-mail, tornam-se seus seguidores sociais e são perfeitos para campanhas de retargeting.

 

Agora, sempre que um usuário no topo do funil visita a página de um produto, mas não está pronto para se converter em um cliente, ele ainda pode ser adicionado à lista de e-mail como um cliente potencial.

 

Um bom retorno do investimento (ROI) para táticas de marketing de topo do funil é de 2 a 2,5: 1

 

 

2.  Marketing do fundo do funil

 

 

Depois que os usuários se familiarizam com sua marca, é mais provável que façam uma compra, de modo que você pode implementar estratégias de marketing no fundo do funil.

 

Isso inclui publicidade paga por clique (PPC) da marca, campanhas de retargeting e e-mails de carrinho abandonado. Essas táticas de fundo do funil são para usuários que estão procurando sua marca no Google ou que já visitaram seu site ou adicionaram um produto ao carrinho.

 

O objetivo final aqui é gerar vendas.

 

Para levar os usuários às páginas de seu produto e categoria, a publicidade de marca paga por clique (PPC) desempenha um papel importante. Esses anúncios do Google são direcionados a usuários que procuram seu nome de marca - eles já conhecem você e desejam visitar seu site, o que é ótimo para vendas potenciais.

 

Palavras-chave de marca sempre terão um ROI mais forte, pois o usuário sabe o suficiente sobre você para pesquisar o nome de sua marca específica. Você deve possuir esses termos de marca e manter a posição 1,0-1,5 nas ferramentas de marketing do mecanismo de pesquisa (SEM).

 

Termos sem marca sempre terão um ROI menor, pois esses usuários ainda estão procurando seus produtos, podem nunca ter ouvido falar de sua marca ou estão comprando e vendo concorrentes.

 

É importante definir lances em alguns desses termos se você deseja ser competitivo no mercado, mas manter uma posição de 2,5-4,0 pode ser uma estratégia melhor.

 

Certifique-se de realizar esforços de retargeting no Google e no Facebook. O retargeting do Facebook pode incluir Anúncios Dinâmicos de Produto (DPAs) que anunciam os produtos exatos que os usuários visualizaram em seu site em um formato de carrossel, com base em seu histórico de navegação.

 

Além disso, ao implementar janelas de duração diferentes, você pode direcionar os visitantes que visualizaram seus produtos 3, 7, 14, 30 ou até 180 dias após vê-los. Com essa estratégia, você pode definir lances maiores para seu público-alvo de 3 dias do que para o público-alvo de 30 dias e melhorar o ROI de sua campanha.

 

Usando o Facebook Power Editor, licite mais alto em janelas de duração mais curta e menos em janelas de duração mais longa - um usuário redirecionado que adicionou um produto ao carrinho três dias atrás têm muito mais probabilidade de comprar do que um usuário que visitou sua página inicial 90 dias atrás.

 

O mesmo acontece com o Google. Separe seus públicos de retargeting por janela de duração para melhorar suas estratégias de lances e retorno do investimento em publicidade (ROAS).

 

Além disso, ao implementar o teste A / B e oferecer um desconto para determinados públicos de retargeting, você pode ver se a mensagem de desconto oferece um retorno do investimento mais forte.

 

Um bom retorno sobre o investimento (ROI) para a parte inferior das campanhas do funil inclui 3: 1 para palavras-chave da marca Google e 5+: 1 para retargeting do Facebook.

 

3.  Upsell de e-commerce, Cross Selling e Compradores Recorrentes

 

Você sabe sua taxa de compra repetida (RPR)? Uma taxa de compra repetida mede a porcentagem de clientes que voltam e fazem outra compra. Isso é calculado pegando seus clientes recorrentes, dividindo pelo total de clientes e multiplicando por 100.

 

Em segundo lugar, como você comercializa para sua base de clientes atual? Custa 5 vezes mais atrair um novo cliente do que manter um existente. As principais estratégias de marketing para direcionar sua base de clientes incluem retargeting, e-mail e campanhas de mídia social que visam apenas compradores anteriores.

 

Com anúncios do Facebook e opções de marketing por e-mail vinculadas à sua plataforma de e-commerce, você pode criar campanhas específicas apenas para usuários que já compraram de você.

 

Eles podem ser de natureza promocional, oferecer descontos VIP e fazer com que se sintam especiais (porque são).

 

Resumo de Marketing para E-commerce

 

Existem mais oportunidades de ganhar dinheiro com uma loja online do que nunca. No entanto, suas táticas de marketing e funil de conversão precisam ser os mais lembrados e atender às necessidades do consumidor exigente e em constante evolução. O marketing de sua loja online não precisa ser envolto em mistério.

 

Implementando algumas das táticas de marketing de e-commerce acima e levando cada uma delas a uma linha de base de ROI, você pode escalar, exibir seus produtos para mais pessoas e gerar mais receita este ano.

Everton de Paula Lean Six Sigma

Everton de Paula

Líder do Blog e especialista em Marketing de Afiliados. Junte-se a mim e mais de 50 mil leitores aqui an EIntegrada.com para aprender como iniciar um blog de negócios, Antes de iniciar este blog, eu liderei uma equipe de alto desempenho em uma Startup Unicornio e agora aplico os mesmos princípios de sucesso aqui. 

  • 1
    Share